Programa JORGE LA FERLATERRITÓRIOS AUDIOVISUAIS IBERO-AMERICANOS

// Familiar, 2014, 9´

Um filme de found footage, que juntamente com Arribo e Tristezas forma parte de uma trilogia que revê a história recente do Paraguai a partir das sequelas que surgem de uma política de revisão de arquivos que testemunham a carga ditaturial que sofre o país durante grande parte do século XX. Os prontuários, as fotografias, as imagens em movimento, os sons são reinterpretados pela pós-produção digital numa série de três obras que serão a base ensaística e projectual daquela que é a nova longa-metragem de Paz Encina, Espacios de Memoria (2017).

María Paz Encina  | Paraguay

Paz Encina nasceu em Asunción, Paraguaia, onde vive actualmente. Fraduada em Cinematografia na Universidade de Cinema de Buenos Aires (Argentina). Dedicou-se a fazer curtas e longas metragens, assim como instalações de vídeo arte.

Actualmente está a trabalhar no seu terceiro filme ÉRAMI a floresta que é o mundo.

ENGLISH


JORGE LA FERLA programIBERO-AMERICAN AUDIOVISUAL TERRITORIES

// Familiar, 2014, 9´

Familiar along with Arribo and Tristezas form a trilogy, which reviews the recent history of Paraguay from the aftermath of a policy of reviewing archives of the long dictatorship that governed Paraguay for much of the twentieth century. The Records, photographs, moving images and sounds are reinterpreted and analyzed from the present of dubious democratic values. This series of three works will be the essayistic and projectual basis for Spaces of Memory (2017), a new feature film by Paz Encina.

María Paz Encina  | Paraguay

Paz Encina was born in Asunción, Paraguay, where she resides at present. Graduated in Cinematography at Film University of Buenos Aires (Argentina). She is dedicated to make short and feature films, as well as art video installations.

Currently she is working on her third feature ÉRAMI the forest that is the world.