Programa MIGUEL LÓPEZA TERRA NO MEIO

// Carrousel, 2012, 4’56’’

Carrousel surge como uma reflexão sobre o ciclo de vida que levamos, o processo de busca, o encontro, o apego à vida. O Carrossel como elemento atemporal girando sobre o seu próprio eixo, e como símbolo circular de infinito balanço: a vida como esse vaivém existencial, monótono, caótico que foi estudado por distintas culturas através do tempo. “Na acção luto com os meus apegos, permaneço no objecto inanimado. Nele deposito o meu amor e a minha confiança, há um apego que não posso deixar ir, algo que não posso soltar, uma recordação da infância, uma nostalgia profunda, e eu atada, aferrada à imobilidade, quando tudo à minha volta gira, e muda: devo soltá-lo, porque a vida é mudança e essa é a nossa única verdade.”

Alexia Miranda (n. 1975) – El Salvador

Artista Multidisciplinar, dedicada à performance, vídeo arte, gestão cultural e à pedagofia. A sua obra foi exposta no Centro, América do Norte e Sul, Europa e Caribe, é catedrática da Universidade Dr. José Matías Delgado em El Salvador, dirige a CATAPULTA Plataforma Cultural Multidisciplinar, e Boceto Lab, espaço de criação alternativo. Foi galardoada com vários prémios entre eles destaca: Primeiro Lugar Centroamericano categoria Experimental no Festival de Cinema e Vídeo, Ícaro 2009, Talento Jovem do ano em Salvador 2008, Premio MARTE Contemporâneo 2008, Primeiro lugar Bienal de Arte Paiz, El Salvador 2005.

ENGLISH


MIGUEL LÓPEZ programTHE LAND IN THE MIDDLE

// Carrousel, 2012, 4’56’’

Corrousel emerges as a reflection on the life cycle we have inside, the process of searching, encounter, attachment to life. The carousel as a timeless element rotating on its own axis, and as a circular symbol of infinite swing: life as that existential, monotonous, chaotic swing that has been studied by different cultures over time. “In action battling with my attachments, I remain in the inanimate object. In it I deposit my love and my trust, there is an attachment that I can not let go, something I can not release, a memory of childhood, a deep nostalgia, my boundself, clinging to immobility; When everything around me turns, and changes: I must let it go, because life is change and that is our only truth.”

Alexia Miranda (n. 1975) – El Salvador

Alexia Miranda is a multidisciplinary Artist, dedicated to performance, video art, cultural management and pedagogy. Her work has been exhibited in Central, North and South America, Europe and the Caribbean, she is a professor of the University Dr. José Matías Delgado of El Salvador, directs CATAPULTA Multidisciplinary Cultural Platform, and Boceto Lab, space of alternative creation. She has been awarded several prizes, among them: First Central American Place in the Experimental category at theFestival de Cine y Video, Ícaro 2009, Young Talent of the year el Salvador 2008, MARTE Contemporáneo Award 2008, First Place Bienal de Arte Paiz, El Salvador 2005.